25 de novembro de 2014

while



No meio de tantos trabalhos, do <h1>html</h1> e de mais mil e um sites, o meu tempo vai-se esgotando entre o bloco de notas e o prestashop, como uma acendalha dentro de uma chama. isso leva a que até os meus pensamentos se cruzem e se troquem todos, sinto-os a entrelaçarem-se principalmente, o que leva à confusão total de sensações dentro da minha pele que nem eu própria sei descrever, se é que isto tem descrição possivel para o real.Apercebi-me tristemente, que as pessoas não têm tempo, como eu não tenho, mas que há pessoas que não têm tempo para o que não querem e deixam arrastar tudo e mais alguma coisa à espera que chegue o dia em que esses assuntos mal resolvidos até à última corram atrás deles como sombras, à espera que esses assuntos venham cobrar as dívidas. As vezes, pergunto-me se essas pessoas aparecem na nossa vida para empatarem certos pontos focais quando estamos literalmente entulhados em trabalhos sem fim, fazem com que a nossa paz interior desapareça, como se já não bastasse o tanto estudo para criar isso. 

Mas, como dizia Albert Einstein,"Duas coisas são infinitas: o universo e a estupidez humana. Mas, no que respeita ao universo, ainda não adquiri a certeza absoluta."